Igreja do Jardim Europa é alvo de furto em Barroso

Na tarde desta terça-feira (30), por volta das 17h30, a  Igreja de Santo Antônio, localizada no bairro Jardim Europa, em Barroso, foi alvo de furto.

De acordo com informações repassadas à Polícia Militar, quando duas senhoras adentraram uma igreja, situada no Jardim Europa, constataram que um dos cômodos estava totalmente revirado, com vários objetos espalhados pelo chão, e se depararam com um indivíduo no interior da igreja, de pele morena clara, trajando uma blusa branca, calça jeans, e que, ao vê-las, fugiu logo em seguida pela porta de acesso em que ambas entraram, tomando rumo ignorado.

Ao fazerem a conferência dos pertences, ficou constatado que outros cômodos da igreja também estavam revirados, e que o indivíduo furtou um aparelho de som, quebrou um vidro de uma das portas de acesso da igreja, arrombou o Sacrário e levou uma quantia em dinheiro que estava numa caixa de madeira, porém,não souberam precisar o valor. Também deram falta da chave do Sacrário.

A polícia realizou o rastreamento do autor, porém ele não foi encontrado.

Em nota, o pároco da Paróquia de Sant’Ana do Barroso, Pe. Claudir, lamentou o ocorrido.

“O zelo por sua casa me devora” (Sl 69, 10)

Lamentavelmente, mais uma vez, a Igreja de Santo Antônio, localizada no bairro Jardim Europa, foi vítima de arrombamento nesta terça-feira, dia tradicionalmente devotado ao santo padroeiro da comunidade. 

De acordo com o Código Penal brasileiro, em seu artigo 208, é crime passível de detenção, escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso.

Provavelmente em busca de objetos de valor material, o sacrário foi novamente violado. Não basta os tempos difíceis provocados pela pandemia, um indivíduo de má-fé vilipendia o templo e o que há de mais importante nele: a Santíssima Eucaristia que é nosso sustento espiritual, sustento do povo católico e presença real de Cristo entre nós.

Pelos rastros deixados, percebe-se a falta de instrução religiosa daquele que invadiu criminosamente a igreja, já que não parece ter sido sua a intenção de profanar o Santíssimo Sacramento. Todavia, ao tocar em nosso maior bem, a santíssima Eucaristia, tal atitude fere gravemente o nosso coração e sentimento religioso.

Como cristãos, numa atitude de amor fraterno e caridade, motivados pelo zelo, carinho e cuidado para com a casa de Deus, rezemos irmãos e irmãs! Rezemos, sobretudo pelo criminoso. Dessa forma, somos capazes de mostrar que nossa fé não vacila nem sucumbe frente as afrontas ao nosso modo de crer e ser cristãos. Ao contrário, possa ser ela motivo de união e força nesse momento de dor.

“Que o Santo Sacramento, que é o próprio Cristo Jesus, seja adorado e seja amado nesta terra de Santa Cruz.”

Barroso, 30 de novembro de 2021.

Pe. Claudir Possa Trindade”

Compartilhe essa notícia!

Receba nossas Notícias

Preencha os campos abaixo para receber Notícias, Promoções e Dicas em primeira mão no seu WhatsApp e E-mail.
Ao pressionar o botão "Quero Receber", você confirma que leu nossa Política de Privacidade.