Barroso adota drones no combate à dengue

A Prefeitura de Barroso, por meio da Secretaria de Saúde, deu início nesta quarta-feira (19/06) a uma nova fase na luta contra a dengue: o uso de drones para mapeamento de áreas críticas. A tecnologia visa identificar potenciais focos do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão de doenças como dengue, zika e chikungunya.

O mapeamento é crucial para localizar locais de difícil acesso à fiscalização, como terrenos baldios e imóveis fechados, onde há maior probabilidade de proliferação do mosquito. Com dados precisos coletados pelos drones, as equipes de saúde poderão planejar estratégias mais eficazes de combate à proliferação do vetor.

Na próxima etapa, outro drone será empregado para aplicar larvicida nas áreas identificadas como críticas. Esta medida tem como objetivo eliminar os criadouros do Aedes aegypti e evitar novos surtos da doença.

Larissa Nogueira, responsável pela coordenação da iniciativa, enfatizou a importância da tecnologia no combate à dengue: “Realizamos o mapeamento inicial em diversos bairros utilizando drones para detectar possíveis focos de dengue e, posteriormente, aplicar as medidas necessárias. Essa abordagem nos permitirá agir de maneira mais precisa e eficiente.”

Além do uso da tecnologia, a colaboração da população é essencial: é fundamental eliminar recipientes que possam acumular água parada, criando condições ideais para a reprodução do mosquito transmissor.

Com a implementação dessa estratégia inovadora, o Governo de Barroso demonstra seu compromisso em proteger a saúde pública e garantir um ambiente mais seguro e saudável para todos os cidadãos.

Compartilhe essa notícia!

Receba nossas Notícias

Preencha os campos abaixo para receber Notícias, Promoções e Dicas em primeira mão no seu WhatsApp e E-mail.
Ao pressionar o botão "Quero Receber", você confirma que leu nossa Política de Privacidade.