Quase metade dos afogamentos no Brasil ocorre no verão

Só em 2019, 15 brasileiros morreram por afogamento por dia, o que representou cerca de 5 mil e 500 óbitos só naquele ano, segundo a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático, a Sobrada.

O diretor médico da instituição, David Szpilman, explica que consumir bebidas alcóolicas aumenta o risco de afogamento. Mas segundo ele, a maior parte dos afogamentos ocorre por conta de atitudes desmedidas em rios, mar, piscinas e cachoeiras.

Os adolescentes têm o maior risco de morte. Já entre crianças de 1 a 9 anos, 6 em cada 10 mortes por afogamentos ocorrem em piscinas ou residências.

O médico David Szpilman, faz um alerta aos pais para identificar os riscos como lugares inusitados como baldes e máquinas de lavar.

A Associação Brasileira de Salvamento Aquático alerta ainda que das 15 mortes diárias por afogamento, uma ou duas ocorrem com pessoas que estão tentando salvar outra pessoa que já está se afogando. Por isso, a recomendação é lançar na água algo que flutue, ou buscar avisar um guarda-vidas ou bombeiro, que são profissionais especializados em salvamentos na água.

Compartilhe essa notícia!

Receba nossas Notícias

Preencha os campos abaixo para receber Notícias, Promoções e Dicas em primeira mão no seu WhatsApp e E-mail.
Ao pressionar o botão "Quero Receber", você confirma que leu nossa Política de Privacidade.