Na Zona da Mata e Vertentes, Barroso é a 12ª melhor cidade para se viver, segundo o ranking do IPS

O município de Barroso alcançou a 12ª posição no ranking dos municípios da Zona da Mata e Vertentes, de acordo com os dados mais recentes do Índice de Progresso Social (IPS). O estudo, que avalia a qualidade de vida em diversas dimensões, atribuiu a Barroso um índice geral de 63,53, ficando atrás de Barbacena, que registra 64,88, e São João del-Rei, líder do ranking com 67,47.

Embora o município tenha se destacado na dimensão de Necessidades Humanas Básicas, com uma pontuação de 80,52, alguns componentes como Nutrição e Cuidados Médicos Básicos e Cobertura Vacinal foram apontados como relativamente fraco. Dos 12 indicadores, apenas o de Moradia obteve uma pontuação considerada relativamente alta (97,57).

No cenário educacional, o acesso à Educação Superior representa um desafio significativo, com uma pontuação média de 30,74, refletindo uma área que demanda atenção e investimentos para melhorar.

O Índice de Progresso Social é uma ferramenta que avalia anualmente a qualidade de vida em todos os municípios do Brasil, considerando 53 indicadores agrupados em três grandes dimensões: Necessidades Humanas Básicas, Fundamentos do Bem-Estar e Oportunidades. Esses índices são fundamentais para compreender como as comunidades estão atendendo às necessidades básicas e promovendo o bem-estar de seus habitantes.

Globalmente, o Brasil registrou um IPS de 68,90 em 2024, ocupando a 67ª posição entre 170 países avaliados. Países como Dinamarca, Noruega e Finlândia lideram o ranking global com os melhores desempenhos em progresso social.

Foto: Wanderson Nascimento

Compartilhe essa notícia!

Receba nossas Notícias

Preencha os campos abaixo para receber Notícias, Promoções e Dicas em primeira mão no seu WhatsApp e E-mail.
Ao pressionar o botão "Quero Receber", você confirma que leu nossa Política de Privacidade.