Depois de 141 dias, MG não tem nenhuma região na onda vermelha

Depois de 141 dias, Minas Gerais não tem nenhuma região do Estado na onda vermelha, a mais restritiva do plano Minas Consciente. Diante da melhora dos indicadores da pandemia na última semana, o Comitê Extraordinário da Covid-19 aprovou, nesta quinta-feira (19), a progressão da macrorregião Triângulo do Sul, a única que ainda estava na onda vermelha, para a onda amarela. Em 31 de março, a primeira região a avançar para a onda vermelha, enquanto o estado todo estava na roxa, foi a Triângulo do Norte.

Além disso, a região Leste do Sul, que estava na amarela, avançou para a onda verde, fase menos restritiva do plano estadual.

Com as mudanças, que passam a vigorar a partir do próximo sábado (21), 11 das 14 macrorregiões do Estado ficam na onda verde. São elas: Leste, Leste do Sul, Centro, Centro-Sul, Oeste, Sul, Sudeste, Vale do Aço, Jequitinhonha, Norte e Noroeste. 

As outras três regiões Triângulo do Norte, Triângulo do Sul e Nordeste ficam na onda amarela do Minas Consciente.

O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, reforçou que a aceleração da imunização é essencial para a continuidade da melhora dos indicadores.  “Os números nos trazem boas notícias. Nossa expectativa é muito positiva com o aumento da vacinação agora em agosto, para que a gente não tenha nenhum revés em relação à pandemia”, disse.

Informações: G1

Compartilhe essa notícia!

Receba nossas Notícias

Preencha os campos abaixo para receber Notícias, Promoções e Dicas em primeira mão no seu WhatsApp e E-mail.
Ao pressionar o botão "Quero Receber", você confirma que leu nossa Política de Privacidade.