Você está aqui:
Um verdadeiro Esquadrão de Aço

Um verdadeiro Esquadrão de Aço

Fim de papo na primeira fase do Campeonato Mineiro 2022. E o maior destaque do estado vai para o interior, mais precisamente para a nossa região, em São João del Rei.

Com incríveis 25 pontos em 11 jogos, o Athletic Club já entrou para a história do campeonato, sendo o primeiro time do Campo das Vertentes a chegar em uma semifinal do estadual.

Para chegar a próxima fase do campeonato foram precisos 25 pontos divididos em 8 vitórias, contra todas as equipes do interior e também da região metropolitana; 1 empate contra o América, que foi arrancado no segundo tempo através de uma finalização perfeita de Alasson; e apenas duas derrotas perante o Cruzeiro e o Atlético, a última segue sendo contestada devido a um pênalti no fim do jogo.

O Athletic findou os pontos corridos como a melhor defesa com apenas quatro gols sofridos, sendo melhor que a defesa que foi destaque e campeã por todo o Brasil em 2021, a do Atlético.

Esses dígitos e estatísticas só se concluirão devido ao um elenco montado minuciosamente através do promissor Roger Silva, um ex-jogador renomado, respeitado pelos times onde passou e que soube a cada jogo armar um esquema e tirar o melhor do seu elenco.

O elenco? Que elenco é esse! Como manda o manual de uma equipe, o melhor da juventude com requintes e aprendizados da experiência.

Um elenco com um campeão da libertadores e vice-campeão da Copa do Brasil, como o goleiro Lee, junto ao promissor goleiro paulista Pedro Rocha.

Uma defesa experiente, que carrega no peito o Athletic desde 2018, com a velocidade e precisão de dois novos laterais.

Um meio campo formado por volantes e criadores de ponta como: Fumaça, Alasson Carioca, Michael Paulista e Antônio Falcão.

E o ataque dispensa comentários, Ricardo Oliveira foi o responsável por distribuir calmamente detalhes do campo para jovens como Mococa, Douglas e Rafhael Lucas, que é um dos artilheiros da competição.

Agora é hora de virar a chave, é hora de entrar mais uma vez para a história e buscar a final da competição.

Para isso, um desfalque de peso: O Joaquim Portugal, devido a iluminação o mesmo não suporta o jogo de volta. Os dois confrontos serão “fora de casa”, ambos no Mineirão. O primeiro, nesta terça-feira (22),  com mando do Cruzeiro; o segundo é no sábado (26) também no gigante da Pampulha com mando do Esquadrão. Dois resultados iguais levam o alvinegro sanjoanense para a final.

Fotos de Fernanda Trindade / Athletic Club SAF

 

Compartilhe essa notícia!

Receba nossas Notícias

Preencha os campos abaixo para receber Notícias, Promoções e Dicas em primeira mão no seu WhatsApp e E-mail.
Ao pressionar o botão "Quero Receber", você confirma que leu nossa Política de Privacidade.